Confira 4 dicas para saber se franquia barata é uma opção confiável
Confira 4 dicas para saber se franquia barata é uma opção confiável
Franquia

Franquias baratas: 4 dicas para saber se são confiáveis

O mercado de microfranquias está em evidência aqui no Brasil, principalmente quando se trata de franquias baratas. Tanto franqueadoras como franqueados empreendedores podem escolher o segmento que querem investir. Mas as opções são diversas. No caso das microfranquias, o investimento é baixo. Por exemplo, é possível investir a partir de 0 de até R$ 100 mil. Outra opção também estão crescendo e ganhando destaque no mercado de franquias. Nesse caso, estamos falando das nanofranquias. Esse investimento, diferente das microfranquias, podem variar de R$ 0 até R$ 20 mil. Nesse caso, é possível observar que há uma diferença entre os dois modelos, mas, ambas são boas oportunidades de empreendimento.

Entendendo melhor as franquias baratas

Para tentar explicar melhor as diferenças, listamos algumas características importantes para discernir se franquias baratas podem ser consideradas como confiáveis ou não. Por esse motivo Raphael Mattos, presidente da PremiaPão, destacou 4 dicas para saber se essas franquias baratas são confiáveis. Neste vídeo, você vai poder acompanhar algumas explicações sobre o contrato de oferta de franquia (COF) e como saber onde conseguir informações importantes sobre a empresa. Além disso, ele apresentou como é possível saber se a saúde financeira e o retorno financeiro daquelas franquias é positivo.

Confira as dicas:

1- Contrato de oferta de franquias (COF)

Este documento deve ser entregue em um período máximo de dez dias. Se a franqueadora não for enviar o contrato ou a COF, fique atento, pois esse envio é obrigatório! Nesse caso, você precisa questionar a falta dessa documentação, pois isso só demonstra que tem algo errado aí. 

2- Tire dúvidas com os franqueados

Sempre que você precisar tirar alguma dúvida sobre a seriedade, compromisso e efetividade da empresa no mercado, busque os franqueados. Você pode solicitar o telefone de algum franqueado da empresa e, a partir disso, tirar todas as dúvidas possíveis.

3- Conheça a saúde financeira das franquias baratas

Para ter acesso a isso, você precisa solicitar o demonstrativo financeiro da empresa. Você precisa analisar se existem muitos franqueados ativos e poucos passivos, pois isso vai mostrar o real número de franqueados que atuam na rede. Desconfie daquelas franqueadoras que não cobram royalties, pois são eles que sustentam uma empresa. Nesse caso, a marca não possui uma renda recorrente, que é provida pela taxa de royalties cobrada a cada franqueado.

4- Analise o retorno financeiro 

Ou seja, o tempo de retorno, o lucro, que aquela vai proporcionar. Grandes franquias precisam de um tempo maior para conseguir oferecer um bom retorno. Porém, no caso das pequenas, essa espera costuma ser menor e é possível obter um retorno financeiro de forma mais rápida.

Categorias