Empreendedorismo

Empreendedorismo: conheça a história de Gilsemir Pereira

Empreendedorismo pode também ser uma questão de escolha

Quem deseja se tornar empreendedor precisa saber que a atividade oferece muitos benefícios. Mas que nem sempre o caminho é fácil. Na PremiaPão encontramos diariamente histórias diferentes de pessoas de todo o Brasil. E muitas desejam apostar nesse tipo de investimento como profissão. Diversos são os motivos pelos quais escolheram pelo empreendedorismo. Porém, cada um tem em comum objetivo a vontade de se manter financeiro com um “negócio próprio”. No caso da PremiaPão, esse negócio ganha vida através do modelo de franquia desenvolvido desde 2015. Essa data marca a chegada da marca ao mercado do franchising.

Sendo assim, escolhemos contar um pouco da experiência no empreendedorismo do franqueado de Recife, Gilsemir Pereira. Ele é apenas um dos franqueados que atuam na região do Recife e em outras cidades e regiões em Pernambuco, estado sede da PremiaPão.

Entrada no franchising: como se deu?

O empreendedor Gilsemir Pereira de Lima Júnior, 35, adquiriu uma unidade na região que atua em março deste ano. E apesar dos recentes oito meses de empreendedorismo, o franqueado já consegue colher os frutos do trabalho que vem fazendo nos últimos meses. Gilsemir já está na sua 3ª tiragem, que representa uma quantidade de 30 mil saquinhos de pão. Quando se fala em tiragem, deve-se saber que essa quantidade já está pronta para ser distribuída nas padarias parceiras.

Com essa 3ª tiragem, o empreendedor conquistou a posição de franqueado TOP. Que no plano de carreira representa franqueados que atingiram resultados expressivos de três campanhas.

 

Essa foi a primeira tiragem exclusiva do empreendedor
Essa foi a primeira tiragem exclusiva do empreendedor

Assim como outros empreendedores, Gilsemir consegue destacar um momento que foi bastante marcante ao longo da sua trajetória: “A venda da primeira tiragem exclusiva para a Galeria Hora Center. Porque eu tive que convencer os 24 lojistas, um por um, e também falar com o gerente do condomínio da galeria, e por fim o proprietário. Tive várias experiências nesse fechamento, começando com as pessoas. Depois de muitas visitas, resolvi marcar uma reunião com todos os lojistas e o proprietário, só assim consegui fechar a venda e mandar produzir o saquinho”, explicou.

Suporte + treinamentos = bons resultados

Ele ainda destacou alguns elementos que o ajudaram a conseguir mais experiência na atuação de vendas. Para Gilsemir, através do treinamentos ele teve mais assertividade. “Claro que o suporte tem uma participação muito grande no meu trabalho diário como franqueado”, afirmou.

“É uma sensação de realização, pois você ver o seu trabalho de tantas visitas, algumas semanas de trabalho duro e muito dedicação. Claro que muitas vezes não fechamos a parceria com o cliente, mas serve de lição para a próxima visita”, destacou. 
Gilsemir e parceiros que anunciaram na PremiaPão
Empreendedorismo de venda: Gilsemir e parceiros que anunciaram na PremiaPão
O interessante é que essa sensação que ele descreveu acima é comum entre os vários franqueados da rede. Após o processo de prospecção da mídia, os anúncios são colocados nos saquinhos, o franqueado aprova o layout (como ele vai ficar) da embalagem e segue para a produção. Depois disso, é distribuído nas padarias parceiras cadastradas com a PremiaPão. Então, após esse processo, certamente a realização pelo trabalho feito é enorme. Ainda sobre esse processo da entrega dos saquinhos, Gilsemir explicou que “quando entrega os saquinhos nas padarias parceiras, vê a importância do trabalho, que é levar a marca e produto dos parceiros para a mesa dos clientes”. E destacou: “Isso é muito gratificante!”

O que mudou desde então?

A soma desses oito meses de atuação na franquia PremiaPão acabou sendo muito positiva para Gilsemir. Além da experiência no empreendedorismo em si, foi possível observar uma mudança no quis respeito a explorar o potencial que ele conquistou.

Hoje sou outra pessoa. Tenho uma visão totalmente diferente de antes da Premiapão. Estou começando a gerir meu próprio negócio. E já pensando em ampliar meu campo de atuação, tudo isso graças ao aprendizado adquirido na Premiapão. Financeiramente também tive uma mudança em relação ao que fazia antes de ter a franquia”, concluiu. 

Para o futuro, ele tem uma projeção otimista, pois “está trabalhando muito para conseguir levar o serviço para as grandes empresas de Pernambuco”. E ciente do desafio, destacou: “Sei que enfrentarei muitas dificuldades, não vai ser fácil, mas estarei disposto a conseguir realizar esse sonho que é ver as grandes empresas anunciando conosco”. Para justificar todo o trabalho que foi feito agora, Gilsemir concluiu que o apoio da franqueadora foi fundamental para ele. “Gostaria de agradecer a todos da Premiapão por sua atenção, dedicação e apoio. Pela presença diária e tenho certeza de que isso é só o começo de muitas conquistas. Penso sempre em fazer parcerias, porque juntos somos mais fortes”, finalizou.

Categorias