Franquia

Franquias valem a pena?

Realmente as franquias valem a pena?

Franquias valem a pena, sim. Mas, quem pensa em empreender no franchising já deve ter feito essa pergunta em algum momento. Com o aquecimento do mercado de franquias, é natural que esse tipo de questionamento seja feito. Mas, para entender tudo que engloba o quesito franquia, é preciso fazer um levantamento de todas as particularidades desse negócio. E apresentas as diversas maneiras de ingressar em um negócio próprio, seja por franquias que já existem ou criando uma nova.

Esse investimento costuma atrair empreendedores, pois consegue oferecer um bom retorno financeiro. O que acaba sendo um dos primeiros motivos para aceitar apostar neste segmento. Alguns empreendedores conseguiram evoluir financeiramente graças as apostas que fizeram neste ramo. Muitos jovens e adultos foram reconhecidos pelo trabalho realizado como presidentes ou sócios de franquias. E para ganhar destaque nessa área é preciso ousar e apostar em ideias únicas. A partir disso, é possível identificar vários segmentos, produtos e serviços oferecidos pela gama enorme de franquias e microfranquias presentes no Brasil.

Tipos de franquias

As franquias são o modelo tradicional de investimento. Como foi mencionado acima, ela pode possuir várias nuances e diferentes tipos de segmentos. Ou seja, podem ser voltadas para o ramo de alimentação, indústria, moda, tecnologia e entre outros. Basta encontrar um espaço para startar e um para consumir, pois opções já existem de sobra.  Além dessa opção, ainda existem as microfranquias (investimentos até R$100 mil reais) e as nano franquias, que são até R$40 mil reais.

As duas últimas também oferecem uma boa margem de lucro ao empreendedor. Porém, por precisarem de um investimento menor, o lucro também será equivalente. A parte positiva disso é que elas permitem a entrada de pessoas não dispõe de tanto capital para investir em franquias. Dessa forma, conseguem englobar e oferecer a mesma oportunidade para todos os tipos de empreendedores. Desde os mais experientes e com mais capital, até quem está começando e não possui experiência no ramo.

Como são os valores

O investimento pode variar bastante de acordo com o tipo da franquia. O que isso quer dizer? A franquia ser menor ou maior. Se ela funciona com base no número de habitantes. espaço físico e se precisa de outros itens, como funcionários ou estoque. Alguns desses exemplos podem, sim, variar e aumentar o valor final do negócio. Por isso, é necessário fazer um filtro muito seleto sobre até onde pode-se investir na franquia. Ou seja, analisar qual é o valor do montante que se tem em mãos. Depois disso, escolher a que se encaixa ou que chega mais próximo do modelo utilizado para a simulação.

Ao fazer isso, é possível “alinhar expectativas” e já investir em algo que vai oferecer benefícios mais tarde. E não vai endividar o futuro empresário com empréstimos ou até a falta de capital suficiente para tocar as outras atividades. É importante ter consciência disso, pois o futuro franqueado pode demorar um pouco mais para começar a receber o que foi investido. Isso porque o prazo de retorno é variável e pode seguir no prazo de meses ou até anos. Tudo depende de onde é instalada (a franquia) e qual selo ela carrega.

Mas vale destacar que as franquias conseguem oferecer boas taxas de franquias no mercado. E permite que vários tipos de investidores consigam ingressar no franchising, mesmo que as condições financeiras não estejam tão favoráveis para empreender.

Franquias valem a pena: escolha a opção certa

Para escolher a franquia certa é necessário pesquisar! E pesquisar de verdade! Mas por que isso? Porque é totalmente necessário fazer a procura pela franquia ideal para cada pessoa. O que pode ser bom para alguém, pode não ser bom para o outro. E isso é totalmente normal e aceitável. Então, é necessário destacar logo um dos segredos do sucesso: escolha algo que se goste! Com esse elemento e a dedicação, fica muito mais fácil tocar um negócio. Pois com a vontade de trabalhar e a afeição pelo estilo negócio e todas as particularidades, é mais garantido que o empreendimento vai ser positivo.

Então, anote algumas dúvidas que você pode anotar para conseguir escolher a melhor franquia para se investir:

1- Escolha até quanto pode pagar

Somente esse fator vai diferenciar e agir como um filtro. Pois pendendo do quanto se tem disponível o número de franquias vai ser bem maior ou menor. Com isso as opções já ficarão um pouco mais estreitas. Então, se quiser começar por um item, escolha esse.

2- Defina o segmento que se deseja atuar

Logo após a questão do pagamento, é muito importante escolher o segmento ideal. Por exemplo, se a pessoa não consegue trabalhar com o público, fica difícil se ela escolher trabalhar com vendas. Assim como, se uma pessoa que é mais ativa e precisar ficar em função rotineira, é provável que aos poucos essa atividade vai ser cansativa e chata. Então, é importante definir o que se gosta ou não de trabalhar. Alinhe com o valor que se tem disponível e escolha algo que, de alguma forma, irá gerar alguma alegria ou satisfação em ser feito.

3- Disponibilidade, quanto tempo você tem?

Algumas empresas oferecem opções de franquia home-based, tempo integral ou parcial. E isso é muito interesse para alinhar a atividade de acordo com as funções que a pessoa já exerce. Seja trabalho formal ou até atividades rotineiras do dia a dia, é indicado sinalizar com sinceridade o tempo de disponibilidade.

Se for pela manhã ou à tarde, isso deve ser informado para maior aproveitamento da atividade do empreendedor. Assim como, incentivar o lado ativo da pessoa dentro da franquia. O descaso com os compromissos pode resultar em rombos financeiros, irritação por meio dos clientes e até ao fechamento da franquia.

4- Devo ou não investir em um sócio

O item anterior também está ligado a isso. Conseguir um sócio ou abrir um negócio em conjunto pode alavancar o negócio. Claro que não existe garantia de nada, mas pode dar super certo, caso a escolha seja feita da forma correta. Pois ambas as partes vão somar forças e até dividir as tarefas de acordo com a afinidade e o tempo disponível de ambas as partes. No geral, a experiência costuma ser bem aproveitada, caso seja organizada da melhor forma.

Onde consigo encontrá-las

As franquias estão disponíveis nos sites e portais voltados para este assunto. Além desses, é possível acessar os sites oficiais de cada franquia ou buscar as opções no Portal do Franchising. Ele é da ABF (Associação Brasileira de Franchising) e as franquias associadas à ela possuem uma “garantia” que são sérias. Caso a busca não queira ser virtualmente, é possível ainda encontrar as franquias em feiras voltadas para o empreendedorismo. Ou ainda eventos de franchising e expansão de negócios.

As franquias valem o investimento

No caso da PremiaPão, os valores são um pouco menores do que as demais franquias. Pois, a taxa de franquia mínima começa em R$6 mil. Isso equivale para regiões com até 100 mil habitantes. Para áreas com até 200 mil habitantes, a taxa de franquia fica em R$10 mil reais. E para quem deseja uma área um pouco maior, ainda existe a opção de R$14 mil, que abrange áreas com até 300 mil habitantes. Então, no geral, trata-se de uma franquia um pouco diferente das demais marcas, pois conseguem oferecer opções de investimento para os demais públicos e perfis.

Aliado a isso, a franquia ainda oferece alguns diferenciais para quem deseja empreender. Suporte diário, universidade corporativa, assessoria de imprensa, site personalizado e todos os itens para se trabalhar são apenas alguns dos benefícios. E o mais interessante disso é a taxa de retorno do investimento. Com um período de 1 a 4 meses, o franqueado conseguirá obter o retorno financeiro do investimento que foi feito. Esse fator pode ser muito atraente para quem deseja começar a atuar e conquistar de volta o valor que foi investido.

Tags

Categorias