Empreendedorismo

Negócios pelo computador. Saiba como fazer!

Entenda como trabalhar com negócios pelo computador. Conheça como funciona o trabalho no empreendedorismo digital

A tecnologia – internet -, no dia a dia, pode ser uma grande aliada para facilitar processos e aproximar pessoas. E, cada vez mais é possível observar uma crescente deste consumo. De acordo com uma Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), 64,7% da população brasileira com idade superior a 10 anos têm acesso à internet.

De acordo com o levantamento, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 116 milhões de brasileiros conectados à rede por meio de celulares (94,6%), computadores (63,7%), tablets (16,4%) e televisões (11,3%). Isso está incluso também na realidade aplicada através de negócios pelo computador, entenda como.

Toda essa facilidade pode ser aplicada no franchising. Mas de que forma? Através da possibilidade de aplicar um negócio utilizando o computador como principal ferramenta de trabalho. Quando acontece, em sua maioria, os negócios têm como base o modelo home based.

Neste, não é necessário ponto físico ou custos com a ativação da rede franqueadora. Ou seja, não necessita de espaço físico para permitir a atuação do franqueado. Recentemente, o portal Exame publicou uma matéria que destaca algumas empresas responsáveis por adotar esse tipo de formatação. A PremiaPão, nesta lista, foi indicada em 3 lugar!

Negócios pelo computador – Foco no Empreendedorismo Digital

As estatísticas impressionam e certamente atraem milhares de empreendedores no Brasil, que veem no universo online um terreno fértil para seus investimentos, alimentando uma modalidade de negócio que já ficou conhecida como empreendedorismo digital. Esse negócio inclui tudo o que diz respeito a funcionalidade de uma franquia ou negócio.

A grande diferença é todos ou quase todos esses procedimentos são feitos de forma virtual. Isso pode ser acessado através de iniciativas de sites ou plataformas virtuais que aplicam o comércio eletrônico. Em negócios menores, esse processo pode facilitar e ainda aproximar mais os empreendedores do público. Além de, claro, diminuir custos com locação, deslocamento, entre outros.

 

Categorias