Blog-capa-shark-tank
Empreendedorismo

[VÍDEO] Episódio da PremiaPão no Shark Tank Brasil – 3ª Temporada

Vamos encarar os tubarões com a gente?

A PremiaPão foi uma das empresas escaladas para participar do Shark Tank Brasil da 3ª temporada. O CEO Raphael Mattos e o Diretor Comercial Diego Castro subiram no palco dos sharks no dia 14 de dezembro de 2018. Assista ao vídeo abaixo para saber como foi a participação da empresa.

Quer saber mais? Acesse agora este link e receba a apresentação completa! 

Como a PremiaPão se preparou para o programa Shark Tank Brasil 

O processo de inscrição teve três etapas. A primeira aconteceu por meio de uma ficha de inscrição.

Neste documento, a empresa apresentou a história da marca e mostrou como o negócio aliado à publicidade no saquinho  é inovador no mercado. Raphael Mattos, CEO da PremiaPão, explicou que na segunda e a terceira fase da seleção “a empresa se dedicou para justificar a sua participação no programa do Canal Sony. Após a terceira e última fase do processo, a Premiapão recebeu a confirmação.”

O processo de preparo veio muito antes da participação efetiva no programa. Os sócios participantes – Raphael e Diego – já conheciam a fundo o modelo do programa que impulsiona o empreendedorismo. Ambos, há anos, acompanham o Shark Tank. O trabalho ficou resumido basicamente em aplicar no pitch – uma breve apresentação da PremiaPão. Buscando, é claro, respeitar a identidade do programa e a proposta.

Para Diego Castro, diretor comercial da PremiaPão, “o argumento especial – no discurso – para convencer os sharks foi o business plan. Ele se torna viável porque a empresa tem uma demanda interna de produção suficiente para assumir uma indústria própria.” Ainda segundo o empresário, “a aprovação para participar do Shark Tank Brasil se deve também ao fato da PremiaPão ser uma empresa jovem, com  resultados expressivos que cresceram do zero. Essa combinação proporciona pra gente um diferencial durante as seletivas.”

Portanto, foi preciso preparar algo que conseguisse expressar o que realmente fosse necessário. Tudo foi calculado e organizado para atender as expectativas. Já pensando no que os sharks poderiam perguntar sobre a empresa e o investimento solicitado.


“O Shark Tank é um programa de entretenimento. Sabíamos desde o início que as edições iriam cortar boa parte da apresentação e expor ao máximo os empreendedores de forma negativa. As vezes até com comentários sem muito sentido. E foi o que acabou acontecendo. Mas a repercução do programa está sendo extremamente positiva. Desde que saímos no programa, recebemos uma enorme busca pela nossa mídia. “

Mais do que uma simples participação

“O significado de participar do programa é a realização de um sonho”. É assim que Mattos define a participação da jovem empresa que abriu junto aos dois sócios fundadores. Ele explica que a relação com o programa é antiga: “Costumava assistir a este programa na versão americana quando ainda estudava na faculdade. Vislumbrava um dia ser empresário e poder fazer apresentações como as que eu via na TV, com orgulho de ter criado uma empresa e apresentar minha ideia para grandes empresário do ramo”, relembra.

O CEO da PremiaPão garante que a inspiração veio de anos atrás. O que, de certa forma, o motivou a querer estar ali também. Para ele, “essa capacidade analítica empreendedora me motivou cada vez mais a entrar nesse mundo e querer buscar conhecimento. Muitos termos eram técnicos e acabei me aprofundando por conta desse programa. As inovações me encantavam, porque eram ideias simples, revolucionárias, feitas por pessoas novas, sem experiência corporativa, que acabaram virando empresas milionárias porque transformaram ideias inovadoras em grandes negócios”.

Mattos ainda acredita que o Shark Tank Brasil traz para o país muito mais do que um programa de entretenimento. E completa: “Acho que muita gente pode se capacitar dentro deste universo tão quisto, porém pouco estudado, que é o empreendedorismo”. Essa participação é um marco importante na história da empresa.

Raphael explica que “a participação do programa deixará um legado muito grande para a PremiaPão. As críticas e elogios que recebemos nos fortaleceram”. Os franqueados da rede usufruirão desta participação para passar mais segurança e credibilidade da marca no mercado. Pois depois do reconhecimento da mídia, a marca – que já é conhecida – se tornará ainda mais popular. Como resultado, a participação, para o franqueado, resulta em uma marca jovem, presente num programa de televisão de grande alcance nacional, onde a exposição do negócio e da ideia estarão em evidência.

No palco, a PremiaPão reproduziu uma réplica da padaria: espaço onde ocorrem as distribuições de pães
No palco do Shark Tank Brasil – do Canal Sony – , a PremiaPão reproduziu uma réplica da padaria: espaço onde ocorrem as distribuições de pães em todo o País

Investimento para ampliar novos horizontes

Com o investimento de R$1 milhão sugerido pela PremiaPão aos jurados do Shark Tank Brasil,  no Business Plan da franquia foi investir em uma Indústria de Flexografia especializada em fabricação dos saquinhos de pão. A estratégia de verticalizar é comum em de qualquer negócio que passa a ter uma demanda interna muito grande e acaba dependendo de um só fornecedor para atender. Hoje  a franquia da PremiaPão já tem um volume interno extremamente significativo: superando a casa de 1 milhão de sacos/mês com produções de franqueados distintos. E a fabricação das embalagens ecológicas da empresa é realizada por uma indústria terceirizada que também é especializada neste material. 

Os benefícios claros de assumir uma produção própria seriam:

  • Os franqueados passariam a receber uma atenção exclusiva na produção, aumentando a capacidade de uma produção mais veloz;
  • A abertura de oportunidades de parceria diretamente com panificadoras;
  • Margem financeira para viabilizar grandes campanhas;
  • Maior controle sobre os riscos externos do mercado de indústrias flexográficas;
  • Otimização dos custos de produção para a rede de franqueados;
  • Criar uma nova forma de ganho lucrativo e sustentável para a franqueadora.

Já os lados negativos:

  • Imobilizar um capital alto para levantar uma fábrica que poderia ser investido em outros aspectos no negócio;
  • Atuar em um ramo completamente novo, que iria demandar muito foco e dedicação;
  • Alto risco atrelado ao tamanho de investimento.

Quer saber mais sobre a franquia PremiaPão? Acesse agora este link e receba a apresentação completa! 


O Futuro do negócio é promissor

Apesar de não ter conseguido o investimento, a empresa, que já estava numa fase de crescimento bastante acelerado, não vai depender disso para continuar inovando e levando sua proposta de mídia ecológica e inteligente para a casa de  milhares de brasileiros. “Temos uma visão de futuro muito promissor pra a nossa empresa. No momento não iremos investir na indústria, porém o projeto não será 100% descartado. Nesse momento o nosso foco estará em investir o máximo de recursos para disseminar ainda mais nosso produto em todo o Brasil e atender com extrema qualidade os nossos clientes.” explica Mattos.

A inovação também é um grande pilar da empresa, que já investiu em tecnologias por meios de um app que faz a leitura de QR Code na aplicação dos sorteios mensais. E recentemente, no desenvolvimento de plataformas exclusivas para a rede de franqueados, com a integração de um sistema de vendas, universidade corporativa online e o serviço de automação de marketing digital.

 Confira abaixo 6 fatos que o Shark Tank não contou sobre a PremiaPão:

Sua ideia merece investimento?

Para entender alguns critérios de investimento do programa, é necessário elaborar um motivo pelo qual o negócio merece um investimento. Portanto, se você possui uma ideia, mas não tem dinheiro suficiente, optar por um investidor talvez seja uma boa solução. Mas, antes, é necessário que o modelo do negócio já esteja bem estruturado. Dessa forma, fica mais fácil organizar os objetivos.

No programa, por exemplo, os investimentos são feitos por um dos sharks. E, dependendo da sua proposta, eles podem avaliar e dizer se aprovam ou não a oferta sugerida. No dia a dia, esses investidores podem aparecer para você através dos sócios. Sociedade, em um negócio, pode levantar ou afundar o negócio. Por isso é preciso estar atento ao que realmente vai ser melhor para a sua empresa.

A parte boa disso é que um investidor vai atuar na parte financeira da ideia. Ou seja, vai ajudar a melhorar ou dar vida – de fato – ao que foi elaborado. Porém, ao mesmo tempo, vai permitir que outra pessoa comece a ter “poderes” sobre aquele negócio. Logo, ela poderá e deve também opinar sobre as decisões. E isso vai tirar essa decisão de uma pessoa apenas e assim vai distribuir ela para os demais envolvidos.

Encontrando um investidor

É mais fácil encontrar um investidor que consiga entender e “se encantar” por uma ideia que já foi validada no mercado e pelos consumidores. Porque, ao criar um negócio do zero, pode haver muitos questionamentos com relação a implantação, investimento, produto e o retorno deste negócio.

Na PremiaPão, o maior investimento da franquia com a franqueadora vem do incentivo à educação, capacitação e acompanhamento do franqueado. Através da Universidade PremiaPão, do incentivo ao conhecimento – blog, hangouts e etc – e do Suporte diário, o franqueado é bem assistido, podendo sanar suas dúvidas e receber apoio para superação dos desafios. E isso gera ótimos resultados para os empreendedores de sucesso da rede que percebem resultado quase garantido. “Aqui, as pessoas são valorizadas por serem, em primeiro lugar, pessoas, e não mais um número. E isso conta como um grande diferencial humano dentro da empresa como um todo – interno e externo”, segundo Mattos.

Sobre o programa Shark Tank Brasil 

A terceira temporada do Shark Tank Brasil estreou na sexta-feira (17/09), através do Canal Sony. Ao longo do programa, várias empresas selecionadas têm a oportunidade de apresentarem seus negócios. Diante dos jurados, os representantes da marca fazem uma breve apresentação sobre o negócio. E explicam o porquê devem receber o investimento dos “sharks” – os investidores. Nesta edição, estão presentes, Robinson Shiba, do China in Box e João Appolinário, da Polishop. Além deles, Cristiana Arcangeli, da Beauty’in, Caito Maia, da Chilli Beans e Camila Farani, do grupo Boxx.

Empreendedores de sucesso a frente do Shark Tank Brasil

Todos os participantes do programa são grandes referências de empreendedorismo no Brasil. João Appolinário, tem uma incrível história de sucesso com a Polishop. Além, claro, do Robson Chiba e Caito Maia com suas marcas de franquias de grande sucesso no Brasil e fora daqui também. Por fim, completa o elenco as empresárias Camila Farani e Cris Arcangeli, que por mais que não tenham nenhuma grande empresa de referência, possuem enorme conhecimento sobre negócios e uma grande capacidade de mentoria..

Franquia PremiaPão

PremiaPão é uma empresa pernambucana especializada na comercialização de Publicidade Premiada em Sacos de Pão. A microfranquia foi a mais procurada pelos brasileiros no Google em 2018, consolidando o caminho de 2 anos consecutivos como uma das melhores microfranquias pra se investir no Brasil. Os saquinhos premiados divulgam marcas e produtos diretamente ao público-alvo. Sem desperdícios, de forma inovadora e impactante, porém, com diferenciais que revolucionaram o mercado e tem levado os franqueados PremiaPão ao sucesso. A PremiaPão oferece três modelos de franquias diferentes. Os tipos se distinguem de acordo com o investimento e área de atuação.

Gostou? Clique aqui para receber o plano de negócios da PremiaPão.

Categorias