fbpx

15 franquias até 10 mil reais: Escolha a ideal

Investir em franquias até 10 mil reais pode significar o primeiro passo rumo a sua independência financeira

Se você tem o sonho de ser empreendedor mas tem adiado essa realização por falta de dinheiro, esse texto foi feito para você. Para começar, a nossa primeira recomendação é: tire da cabeça a ideia de que é necessário alto capital para conquistar o seu próprio negócio. Você pode dar início, por exemplo, investindo em franquias até 10 mil reais para dar o primeiro passo rumo a sua independência financeira.

Também saiba que você não está sonhando sozinho. Muita gente tem o empreendedorismo como um grande sonho. A pesquisa Amway Global Entrepreneurship Report (AGER), divulgada no fim de 2019, apontou que 56% dos brasileiros tem vontade de ser dono do seu próprio negócio. O estudo mostra, ainda, que 74% desse total é composto por jovens entre 18 e 35 anos. Os números do Brasil, revela a pesquisa, são maiores do que a média global. 

Ainda que os números sejam positivos e animadores, muita gente desiste de empreender. A pesquisa da AGER aponta que somente um terço das pessoas consegue tirar o projeto de empreendedorismo do papel. De acordo com o estudo, entre os maiores desafios dos brasileiros para se tornarem empreendedores está a falta de capacitação e treinamento e a falta de capital. 

Estar intelectualmente bem preparado é essencial para que você se sinta mais seguro para levar um negócio adiante e invista em franquias até 10 mil reais. Especialistas apontam que estar constantemente bem informado sobre o negócio é essencial para o empreendedor porque ajuda a diminuir os possíveis obstáculos enfrentados pela empresa ao longo do tempo. 

Por isso, é importante que você identifique as áreas que você desconhece e foque na capacitação antes de investir em franquias até 10 mil reais. Procure ler blogs, sites, assine periódicos, assista canais de empreendedorismo no youtube e participe de eventos que estejam relacionados ao seu nicho de mercado. 

Mas como superar a falta de capital? Começar um negócio sem dinheiro não é impossível, mas vai exigir que você seja criativo e resiliente. E é isso que vamos te ensinar no próximo tópico.

Como empreender sem dinheiro?

Como apontado na pesquisa citada acima, a falta de capital é um dos principais fatores dificultantes para quem pretende empreender. Segundo a pesquisa GEM, realizada pelo Sebrae, a  necessidade é um dos incentivos para as pessoas empreenderem. 

O estudo também aponta que 11 milhões de novas empresas surgiram por causa da falta de oportunidades no mercado de trabalho. Segundo o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, isso revela que as pessoas não sabem como começar um negócio sem dinheiro e precisam aprender.

Raphael Mattos, empresário e CEO da PremiaPão, aponta que existem três pilares fundamentais que vão fazer o seu negócio dar certo mesmo que você não tenha muito capital inicialmente para investir. São eles:

1- Home Based: se você pensa em investir em franquias até 10 mil reais, no começo do seu negócio, será necessário ter o menor gasto possível. Então, você não deve se preocupar, neste momento, em investir em loja ou escritório. Você deve se preocupar em formatar o seu produto e divulgar para vender, antes mesmo de ter ele pronto. Com isso, é importante que você reduza o máximo de investimento possível. Portanto, trabalhe de casa ou de qualquer lugar que você não precise gastar para estar trabalhando, esse tipo de franquia além de possuir gastos menores que as outras também diminui os riscos de um erro na hora de escolher o seu ponto comercial.

2- Mão na massa: é preciso, desde o início do seu negócio, ter a mentalidade de que você vai operacionalizar o máximo possível que você precisa. Enquanto em uma empresa há diversos setores, como setor de marketing, administrativo, recursos humanos, vendas, etc, no início, o seu negócio terá todos os setores em um só e praticamente uma pessoa ou duas para dar conta. 

Por isso, é necessário, de fato, fazer tudo do zero. Mas não se desespere: é óbvio que você não vai saber fazer tudo, mas você vai precisar aprender. Portanto, não tenha medo de aprender e colocar a mão na massa. Terceirize, de fato, aquilo que você não sabe fazer e que você não vai aprender em curto prazo. Você vai precisar ser humilde o suficiente para entender que algumas coisas você não vai dar conta e que precisará contratar pessoas para executar. Também faça o benchmarks – ou seja, use outras empresas como referência para o seu negócio. 

3- Parceria poderosa: mesmo em franquias até 10 mil, saiba que não se faz nada sozinho. É importante agregar pessoas de confiança, com potencial, para que juntos vocês desenvolvam um negócio sólido. Então, não tenha medo de se juntar com pessoas e chamá-las para abraçar essa mesma causa que a sua. A sociedade traz diversos benefícios – não só a questão da divisão do risco e das tarefas, mas também o fator prestação de contas saudável. 

Quando você está sozinho dentro de um projeto, você vai se cobrar muito menos do que quando está em conjunto. Porque, quando você está em conjunto, você sente que precisa fazer tanto quanto o outro. Então, essa cobrança passa a ser muito saudável e um sócio puxa o outro para cima, transformando aquele negócio muito mais engajado e motivado para se trabalhar no dia a dia. Para entender melhor como empreender sem dinheiro, você pode assistir a esse vídeo do canal de Raphael Mattos, o Youtuber e CEO da franquia PremiaPão.

O Sebrae também defende a ideia de que é possível empreender sem dinheiro e afirma que isso pode dar certo se o empreendedor seguir oito passos básicos. Vamos a eles:

1- Aprenda a vender a sua ideia: você precisar fazer com que investidores acreditem e se interessem pelo seu negócio. Por isso, é fundamental não só que a ideia do seu negócio seja relevante, mas que você saiba vendê-la, ter uma boa apresentação e uma ideia bem estruturada irá te ajudar neste ponto.

2- Procure alternativas econômicas: se você não tem em mente nenhum projeto específico para empreender e pretende embarcar no mundo do empreendedorismo apenas para ter o próprio negócio, a solução ideal é procurar alternativas de negócios que não exigem investimento inicial, ou que sejam os mínimos possíveis.

3- Mantenha seu projeto em paralelo: o Sebrae orienta que, até que você comece a obter os primeiros resultados com o seu negócio, o ideal é manter uma atividade principal e seguir com o projeto em paralelo. Portanto, não arrisque sair do emprego ou investir todo o seu dinheiro naquele negócio – caso o seu projeto não dê certo, você terá outra alternativa para se manter no mercado.

4- Esteja preparado para empreender: antes de mergulhar totalmente no seu projeto, é preciso se preparar. Portanto, reserve um dinheiro para utilizar durante o tempo que você ainda não estiver obtendo resultados com o seu negócio. Também é preciso estar atento que alguns modelos de negócio exigem investimento mínimo, portanto você precisará dessa quantia para começar a empreender. Também é bom se preparar psicologicamente para os meses de adaptação à franquia, pois você pode não conseguir faturar tanto durante esse tempo.

5- Faça parcerias estratégicas: como já dito por Raphael Mattos, a sociedade é uma excelente alternativa para quem está começando a empreender e pensa em investir em franquias até 10 mil reais. A orientação do Sebrae é: “saiba escolher bem seus sócios ou os parceiros do seu negócio. Os envolvidos no projeto devem ter expectativas e objetivos bem alinhados. Definir responsabilidades também é fundamental para evitar problemas no futuro”. 

6- Tenha um plano de ação: um bom plano de negócios que contenha metas e os caminhos para alcançá-los é essencial para o sucesso de uma empresa. Esse plano vai ajudar o seu negócio a não perder tempo nem dinheiro com atitudes erradas que não se encaixam com o seu negócio. É importante que você seja flexível e faça adaptações a esse plano sempre que for necessário.  

7- Exercite o networking: não deixe o seu olhar voltado apenas para a sua empresa, foque, também, em formar uma rede de contatos com outros empreendedores. Para que essa aproximação aconteça, um caminho é participar de eventos, palestras e em outras promoções da sua área profissional. As redes sociais também são ótimas maneiras para criar proximidade com pessoas da sua área. Um bom networking é o segredo para crescer o seu negócio

8- Venda o seu projeto: você pode achar que não, mas as suas ideias podem valer muito dinheiro e, acredite, há diversas empresas dispostas a pagar. Por isso, saiba vender o seu projeto para convencer essas empresas de que ele é relevante e que elas precisam investir no seu negócio, praticar cursos de oratória e vendas para se capacitar vai te ajudar neste ponto.

15 franquias até 10 mil no modelo home based

1- PremiaPão

A PremiaPão é uma franquia especializada na comercialização de publicidade em sacos de pão que trabalha com marketing promocional e tem como diferencial o sorteio de prêmios nacionais. A empresa, que é uma das franquias home based mais baratas e atua no ramo há mais de 4 anos, já produziu 30 milhões de saquinhos e já ultrapassou a marca de 15 mil anunciantes. Para receber o material informativo da PremiaPão e entender como funciona a franquia, clique aqui.

Investimento inicial: a partir de R$10.000

Taxa de franquia: a partir de R$10.000

Royalties: R$540

Retorno do investimento: de 1 a 6 meses

Faturamento médio mensal: R$14.000

2- Trust Intercâmbio

A Trust é uma agência de intercâmbio e turismo que foca em serviços na área de intercâmbios culturais, educacionais, profissionais e de turismo e trabalha em parceria com grandes instituições no mundo.

Investimento inicial: a partir de R$3.500

Taxa de franquia: a partir de R$3.500

Royalties: não cobra

Retorno do investimento: de 3 a 12 meses

Faturamento médio mensal: R$45.000

3- Cebralog

A Cebralog atua no ramo da educação oferecendo treinamentos em diversas áreas de conhecimento, incluindo vendas, operações, finanças, logística, transformação digital, entre outros. É uma das franquias até 10 mil reais mais baratas.

Investimento inicial: a partir de R$4.500

Taxa de franquia: a partir de R$3.000

Royalties: variável

Retorno do investimento: de 2 a 5 meses

Faturamento médio mensal: não informado

4- SMS Digital

A SMS Digital é uma franquia especialista em comunicação via SMS corporativo. A empresa, que está presente em mais de 700 cidades do Brasil, proporciona que o cliente faça disparos de mensagens em massa através dos seus sistemas de envios.

Investimento total: R$4.990

Taxa de franquia: R$4.990

Royalties: R$998

Retorno do investimento: de 6 a 12 meses

Faturamento médio mensal: R$10.000

5- Franquia Portal da Cidade

A franquia Portal da Cidade atua no ramo da comunicação e tem como objetivo disponibilizar para o maior número de cidades possível, um espaço virtual destinado a divulgar conteúdo 100% local, que aproxime o cidadão dos acontecimentos de sua cidade, através da divulgação de uma grande variedade de informações. 

Investimento inicial: a partir de R$5.000

Taxa de franquia: a partir de R$5.000

Royalties: não cobra

Retorno do investimento: de 6 a 24 meses

Faturamento médio mensal: não informado

6- S7 Intercâmbio

A S7 é uma agência focada em intercâmbios que tem parceria com mais de 300 instituições de ensino de qualidade pelo mundo, oferecendo diferentes opções de destinos e programas para todas as idades e perfis, atendimento personalizado, além de produtos e experiências exclusivas.

Investimento inicial: a partir de R$5.300

Taxa de franquia: a partir de R$5.000

Royalties: 40%

Retorno do investimento: de 2 a 6 meses

Faturamento médio mensal: não informado

7- TZ Viagens

A TZ Viagens é uma franquia multimarca, multicanal, multisserviço e multi segmento, que oferece opções de atendimento e vendas no Turismo de Lazer, Viagens de Negócios, e Intercâmbio Cultural.

Investimento inicial: a partir de R$5.500

Taxa de franquia: R$5.500

Royalties: 1%

Retorno do investimento: de 1 a 6 meses

Faturamento médio mensal: não informado

8- CI Intercâmbio

A CI intercâmbio e turismo é uma franquia no segmento de viagens focada em turismo jovem e intercâmbio cultural. A empresa tem mais de 130 unidades espalhadas no Brasil e no exterior.

Investimento inicial: a partir de R$5.500

Taxa de franquia: a partir de R$12.000

Royalties: não cobra

Retorno do investimento: de 1 a 36 meses

Faturamento médio mensal: R$250.000

9- Clube Turismo

A Clube Turismo atua no ramo de turismo e oferece ao cliente um leque ilimitado de opções de pacotes de viagens para escolher o que cabe no seu bolso. A empresa já tem mais de 500 franqueados espalhados pelo Brasil.

Investimento total: R$5.900

Taxa de franquia: R$5.900

Royalties: 2,50%

Retorno do investimento: de 4 a 10 meses

Faturamento médio mensal: não informado

10- Ceofood

A Ceofood atua no segmento de aplicativos e delivery gastronômico. Com 129 franquias em 21 estados do país, a empresa foi fundada em 2017 e tem como foco chegar nas pequenas cidades e nas periferias.

Investimento inicial: a partir de R$6.000

Taxa de franquia: a partir de R$4.000

Royalties: variável

Retorno do investimento: de 6 a 12 meses

Faturamento médio mensal: R$70.000

11- Acqio

A Acqio é uma rede de franquia de maquininhas de cartão do Brasil e, atualmente, possui uma rede com mais de 1.000 franqueados espalhados por todo o país. A empresa caracteriza-se por atuar no mercado de meios de pagamento eletrônico, oferecendo máquinas para pagamento com cartão de crédito ou débito para estabelecimentos comerciais. 

Investimento inicial: a partir de R$6.000

Taxa de franquia: a partir de R$5.000

Royalties: R$499

Retorno do investimento: de 6 a 12 meses

Faturamento médio mensal: R$4.000

12- Brazil Health

Consultoria de benefícios especializada em Planos de Saúde, Odontológicos e Seguros de Vida. A franquia da Brazil Health é home based e tem investimento inicial a partir de R$7.000.

Investimento inicial: a partir de R$7.000

Taxa de franquia: R$6.000

Royalties: 2%

Retorno do investimento: de 6 a 12 meses

Faturamento médio mensal: R$15.000

13- Drs. Protect

A Drs. Protect é uma franquia especializada em trazer soluções para a saúde financeira das pequenas e médias empresas. 

Investimento inicial: a partir de R$8.000

Taxa de franquia: R$7.000

Royalties: 12%

Retorno do investimento: de 12 a 18 meses

Faturamento médio mensal: R$8.000

14- RH franquia

A RH é uma empresa focada no trabalho de Recursos Humanos online. A franquia, que está há 12 anos no mercado e tem mais de 50 franqueados, conta com um portal onde são oferecidos diversos serviços de RH. 

Investimento inicial: a partir de R$9.900

Taxa de franquia: a partir de R$9.900

Royalties: 8%

Retorno do investimento: de 3 a 6 meses

Faturamento médio mensal: R$30.000

15- Passadeira Express

A franquia Passadeira Express atua no segmento de passadoria delivery a partir de atendimento personalizado, onde os clientes pré-agendam tudo. A empresa busca as roupas na casa do cliente e, após passadas, são entregues de volta na residência. 

Investimento inicial: a partir de R$9.900

Taxa de franquia: não informado

Royalties: não informado

Retorno do investimento: de 3 a 18 meses

Faturamento médio mensal: R$4.500

Agora que você conheceu as franquias de até 10 mil reais e entendeu que franquias baratas podem ser o começo da sua independência financeira, que tal você se inteirar sobre as franquias home based? Elas são excelentes opções para quem quer ter o seu próprio negócio mas ainda não possui capital suficiente para investir grandes quantias. Neste texto do blog da PremiaPão você pode conhecer mais sobre elas. 

Neste outro texto, há uma lista de 100 franquias baratas e lucrativas para quem está começando a empreender. Franquias baratas e lucrativas são aquelas onde o investimento não pode ultrapassar R$100 mil, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).