fbpx

Estratégias de publicidade: escolha a melhor

Investir em estratégias publicitárias vai refletir não apenas na conquista de novos clientes mas também na fidelização desses consumidores

Dados mais recentes do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) apontam que, durante o ano de 2018, o investimento em publicidade no Brasil chegou a R$ 16,54 bilhões. Isso ratifica a ideia de que propaganda é, de fato, a alma do negócio e que pensar estratégias de publicidade para sua empresa é essencial para o crescimento e desenvolvimento da mesma.

Mas, afinal, o que é a publicidade? “É a estratégia de marketing que envolve a compra de espaço em um veículo de mídia para divulgar um produto, serviço ou marca, com o objetivo de atingir o público-alvo da empresa e incentivá-lo a comprar”, define a especialista em marketing Camila Casarotto.

Nesse sentido, portanto, podemos observar que a publicidade é uma ferramenta do marketing. “Enquanto o marketing se preocupa em compreender o público-alvo e desenvolver estratégias para atendê-lo, a publicidade é focada em atingi-lo com uma comunicação persuasiva”, explica Camila.

Por conseguir influenciar a forma de consumo e também gerar a compra de um produto, investir em estratégias publicitárias vai refletir não apenas na conquista de novos clientes mas também na fidelização desses consumidores. Sendo assim, no cenário atual se faz necessário que as empresas se relacionem com os seus consumidores e consumidores em potencial, oferecendo conteúdos relevantes e sem atrapalhar o dia a dia deles com anúncios irrelevantes.

Mas o que muitos empreendedores se perguntam é: qual a melhor estratégia de campanha publicitária para adotar? Para ajudar você nessas questões, separamos as cinco principais estratégias para a sua empresa.

1- Publicidade em saco de pão

A publicidade em saco de pão é uma das estratégias de publicidade mais inovadoras, pois esse é um produto novo e completamente diferente de todas as mídias de publicidade que o consumidor está acostumado. Isso acaba atraindo a curiosidade das pessoas e, dessa forma, as chances do consumidor se interessar pelas empresas que anunciam no saco de pão aumentam.

Também é importante frisar que essa é uma mídia sustentável e em nada se parece com os sacos de plástico – estes demoram de 100 a 400 anos para se degradar no ambiente. Diferentemente, o saco de pão personalizado é feito com material biodegradável, como o da PremiaPão, que produz o material com papel certificado pela FSC (Conselho de Manejo Florestal). Além disso, na produção são utilizadas tintas atóxicas feitas a base de água.

A questão sustentável é considerada como uma vantagem dessa mídia porque, segundo o Ministério do Meio Ambiente, anualmente são consumidas cerca de 1 trilhão de sacolas plásticas no mundo – isso levou a Ellen MacArthur Foundation apontar que em 2050 poderá haver mais plásticos do que peixe nos oceanos. 

Esse é um tema alarmante e que deve ser levado em consideração pelas empresas, visto que os próprios consumidores também estão se preocupando com as questões sustentáveis e priorizando empresas ecologicamente corretas. Isso é ratificado pelo estudo da Opinion Box que mostra que 65% dos brasileiros entrevistados abandonariam os produtos de uma marca caso ela poluísse o ambiente.

O saco de pão personalizado da PremiaPão também tem o benefício de ser barato e, mesmo assim, ter alto impacto. O custo para o anunciante é de, em média, R$500 para a produção de 30 mil sacos. Esses saquinhos alcançarão, em média, 120 mil pessoas em um tempo de exposição que pode chegar a 60 dias. Esse tipo de estratégia já foi adotada por mais de 15 mil anunciantes em todo o país.

Outra possibilidade que vem agregada nas estratégias de publicidade do saco personalizado da PremiaPão é a de premiar os clientes. Ou seja, além de divulgar a sua marca, o anunciante também pode disponibilizar cupons de sorteios ou de descontos aos seus clientes. Carro, viagens, celulares, TV e moto já foram sorteadas nos sorteios nacionais promovidos pela PremiaPão.

Esse tipo de estratégia é chamada de marketing promocional, que é um nicho focado na melhora do relacionamento entre empresa e consumidor, por meio da oferta de experiências de valor e ações que proporcionem o fortalecimento da marca. A loja Império dos Colchões, em Santo Antônio de Jesus, na Bahia, é uma das empresas que já anunciaram na PremiaPão.

“A gente procura ao máximo usar tudo que for relacionado ao marketing e que for de benefício de ambas as partes. Os clientes que ganham os cupons, visitam as lojas, e nessas vinda a gente orienta os nossos profissionais para que façam um trabalho de abordagem para divulgar as nossas promoções e nossos produtos. Pode ter certeza que a Império dos Colchões indicaria a PremiaPão para qualquer cliente”, afirma Tereza Cristina, proprietária da loja. Para saber mais sobre a PremiaPão, clique aqui.

2- Real Time Marketing

A principal característica do Real Time Marketing, também conhecido como marketing de oportunidade, é identificar tendências. Esse tipo de marketing utiliza de estratégias para que as marcas sejam inseridas em conversas que já estão acontecendo. Essas técnicas podem tanto ter o objetivo de chamar a atenção do público quanto o de compartilhar os valores da marca. Outra questão importante é que as estratégias desse nicho geralmente tem grande potencial de viralizar.

Embora tenha sido criado em um cenário de imediatez e agilidade, o Real Time Marketing não é aplicado apenas nas redes sociais. Também vale destacar que, embora seja feito em tempo real, essa estratégia requer planejamento.

“O Real Time Marketing traz relevância porque a marca se mostra antenada ao que acontece no mundo, mas especialmente por se envolver em algo que é relevante para o público e por aproveitar a chance de reforçar seus valores”, explica Camila Casarotto, redatora do RockContent.

Um bom exemplo de sucesso no uso do Real Time Marketing é a Netflix. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro vetou um edital que contemplava filmes com a temática LGBT. No mesmo dia, o perfil brasileiro da Netflix no Twitter publicou uma lista com os principais conteúdos LGBTs que estão disponíveis na plataforma de Streaming.

3- Marketing Viral

Sabe aquela propaganda que gruda na sua cabeça? Não é por coincidência que isso acontece, há um forte planejamento criativo para fazer isso funcionar. Esse tipo de estratégia, como o nome já diz, tem como foco a viralização. Para isso, o Marketing Viral incentiva o engajamento com o público para que aquela determinada mensagem seja passada adiante. 

Esse tipo de estratégia é muito válida porque, a partir do momento que a sua campanha publicitária virar um viral, aumentam as chances do seu produto se popularizar e crescer em grande proporção. Nesse sentido crescem, portanto, as oportunidades de conquistar novos clientes e ampliar as vendas.

O marketing viral faz com que a sua empresa consiga o destaque entre os demais, criando laços com o público-alvo que o ajudem na hora de escolher a sua marca entre todas as disponíveis, explica Lucas Gabriel, especialista em marketing.

4- Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo tem como premissa a ideia de que, através de um conteúdo relevante e valioso, você consegue atrair, envolver e gerar valor para a sua marca e, dessa forma, automaticamente vai gerar engajamento com o seu público-alvo e aumentar a sua rede de clientes e potenciais clientes, expandindo, também, a geração de negócios.

“O ponto hoje não é mais a necessidade de estar na internet, mas como se colocar nela para ganhar a atenção do público e se destacar em meio à concorrência, que já está lá. Você precisa adotar as melhores e mais modernas estratégias de aquisição de clientes”, explica Vitor Peçanha, especialista no assunto.

De acordo com a Content Trens, 73% das empresas no Brasil utilizam o Marketing de Conteúdo como estratégia que tem diversos benefícios, tais como: aumento do tráfego do seu site, aumento do engajamento da marca, geração de vendas e redução do custo de aquisição de clientes.

André Siqueira, especialista em marketing digital e vendas, aponta que “publicar materiais inéditos e relevantes para o público interessado na temática é um dos fatores que pode transformar a empresa em uma autoridade no assunto”. Ele também reflete que “quando uma empresa publica conteúdos sobre um tema e o faz com propriedade, a confiança do consumidor em relação à marca e ao conhecimento que essa empresa possui sobre os produtos e serviços oferecidos aumenta”. 

5-  E-mail marketing

Segundo a gerente de Marketing B2B na Rock Content, Clara Borges, “graças ao avanço de automação de marketing, o e-mail marketing se tornou a melhor maneira de entregar as mensagens certas, para as pessoas certas, na hora certa”. 

Essa estratégia se baseia na comunicação entre a empresa e seus consumidores via e-mail. É indicado geralmente para empresas que já atingiram uma certa maturidade nas estratégias de marketing. O mais apropriado no uso dessas estratégias de publicidade é que a empresa tenha a sua própria base de dados e não compre de outras empresas, porque isso pode acabar afastando os potenciais clientes.

O e-mail marketing tem como benefício a comunicação direta com o seu público e a personalização dos conteúdos enviados. Além disso, a empresa pode utilizar essa estratégia para realizar testes sobre o que funciona ou não para a comunicação com os clientes.

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, investir em publicidade não é gasto, é investimento, e isso independe do tamanho da sua empresa. Seja ela pequena, média ou grande, investir em propaganda é essencial para qualquer negócio. Não se faz necessário ter um departamento de marketing ou mesmo uma equipe completa, mas sim ter um planejamento de verba para as ações de marketing.

Mas como saber a quantia de dinheiro que deverá ser destinada para o marketing da sua empresa? De acordo com Maurício Galhardo, especialista em administração financeira, primeiro, é preciso listar possíveis ações, fazer orçamentos para saber os custos, buscar por fornecedores que possam executá-las, criar um cronograma para adequar as ações ao seu negócio e, principalmente, determinar objetivos para estas ações. 

Ainda de acordo com ele, o percentual de investimento tende a variar muito de acordo com o segmento da empresa. Empresas que dependem de ações de marketing para vender chegam a investir 10% do faturamento ou até mais. No geral, investir de 3% a 5% do faturamento é um bom patamar.

Para evitar que você cometa erros não apenas de investimento, mas também nas ações de estratégia publicitária, nós separamos para você as principais falhas cometidas pelas empresas.

Erros de publicidade mais comuns cometidos pelas empresas 

  • Falta de planejamento
    O planejamento de uma estratégia de marketing é essencial para que ela seja bem sucedida e para que todo o processo aconteça de acordo com o esperado. Especialistas apontam que esse planejamento deve acontecer com pelo menos 2 meses de antecedência para colocar o plano em ação. Portanto, é preciso ter em mente que o planejamento das estratégias de publicidade precisam de um tempo de implantação e execução.
  • Não definir o orçamento
    É necessário incluir no planejamento todos os cálculos detalhando quais serão os investimentos necessários para que as ações estratégicas, táticas e operacionais sejam realizadas. Não separar um percentual do seu faturamento para ações de publicidade é um grande erro, pois é impossível realizar a propaganda do seu negócio sem fazer investimento financeiro – mesmo que este seja baixo.
  • Usar as estratégias erradas
    Para evitar que a sua empresa invista em estratégias de publicidade e não alcance resultados, a dica do especialista em marketing Edson Carlos Krug é a seguinte: tenha claro seus objetivos com cada uma das estratégias criadas. Faça um levantamento do cenário, tenha um público definido e trabalhe na solução dos problemas de quem possa utilizar seu produto ou contratar seus serviços.
  • Cortar a verba de publicidade em momentos de crise
    É preciso ter em mente que, embora a empresa esteja atravessando um momento de crise, não é por conta da crise que as pessoas deixam de comprar ou buscar informações sobre produtos e serviços. Ou seja, a quantidade de clientes até pode diminuir, mas ainda existirá gente em busca dos seus produtos. Portanto, é muito equivocado cortar a verba de marketing por conta de crise – o que pode ser feito é reduzir os gastos ou até mesmo aplicar aquele determinado valor em alternativas mais baratas.

O que fazer para ter sucesso nas estratégias de publicidade

Agora que você entendeu quais erros devem ser evitados para que as estratégias de publicidade da sua empresa funcionem, você deve estar se perguntando quais os principais passos que devem ser dados para ter sucesso em sua campanha publicitária. Vamos a alguns essenciais:

  • Conhecer o seu público-alvo

É essencial estudar o perfil do seu cliente para alcançar boas estratégias de publicidade. Ou seja, quais as preferências dele, a faixa etária, classe social, crenças, costumes, gênero, localização, profissão. Essas informações serão muito úteis tanto para as ações publicitárias quanto para as estratégias de marketing digital, porque vai direcionar a mensagem que você quer passar para o seu público-alvo. Além disso, ao conhecer o seu cliente você saberá que tipo de linguagem é a mais adequada utilizar para se comunicar com ele.

  • Definir os objetivos

Definindo os objetivos, você vai conseguir visualizar qual o tipo de propaganda é a mais adequada para sua empresa. É importante lembrar que esses objetivos devem valer para um certo período de tempo e devem ser possíveis de serem alcançados.

  • Avaliar o produto e o mercado

Ao pensar nas estratégias de publicidade que você vai adotar na sua empresa, é preciso fazer uma análise tanto do produto que você comercializa quanto do mercado onde a sua empresa está inserida. Nessa etapa, também se faz necessário observar quais as estratégias estão sendo adotadas pelos seus concorrentes e analisar o que você pode trazer de diferente.

  • Analisar os recursos e as limitações

A propaganda da sua empresa pode ser elaborada ou mais simples – isso vai depender de quanto de recurso você tem disponível. Por isso, é necessário ter a quantidade de recursos disponíveis bem definidas para que as estratégias possam ser traçadas de maneira funcional.

  • Definição da mensagem

Ao avaliar todas esses tópicos citados anteriormente, você vai conseguir ter um panorama de como vão funcionar as estratégias de publicidade do seu negócio. A partir disso, será possível definir qual a mensagem que o seu negócio pretende transmitir, em qual tom e quais elementos serão utilizados.

  • Pense em um slogan criativo

Ao pensar em um slogan marcante, você deve imaginar de que maneira você venderia o seu produto para alguém se não tivesse muito tempo para explicar as características principais desse material. Outra ideia é imaginar quais as palavras que mostram que o seu produto é único e necessário e quais frases podem ativar o desejo das pessoas em adquirir esse produto.

De acordo com a analista de marketing Bárbara Santos, através de 5 passos você pode fazer seu slogan ser irresistível. São eles: 1- fale sobre um desejo; 2- que gera um resultado; 3- em um tempo específico, 4- garantindo a resolução de grandes objeções; 5- com riscos garantidos. 

Agora que você entendeu como funcionam as estratégias de publicidade e quais erros você não deve cometer ao pensar nessas estratégias, você pode ler esse artigo do blog da PremiaPão que aponta quais as principais estratégias de marketing para 2020. Você também se aprofundar mais no tema lendo esse texto que traz os 30 motivos pelos quais você deve investir em marketing.