fbpx
feira do empreendedor
Saiba tudo sobre as feiras do empreendedor
Empreendedorismo

Feira do empreendedor pode mudar a sua vida

Feira do empreendedor: tudo sobre o evento que pode lhe transformar em dono do seu próprio negócio

Uma pesquisa do Instituto Locomotiva revelou que 56% dos trabalhadores com carteira assinada no Brasil estão insatisfeitos. Isso significa que quase 19 milhões de pessoas trabalham infelizes no país. Especialistas apontam que, na realidade atual, os empregados não estão mais em busca de apenas salários altos: eles procuram qualidade de vida e uma rotina mais leve. Por isso, neste artigo, vamos conhecer mais sobre a feira do empreendedor, pois ela pode ser a virada de chave que está faltando na sua vida. 

Atualmente, a rotina de trabalho no mundo corporativo acaba sendo a grande vilã na vida pessoal dos trabalhadores. Jornadas cada vez mais puxadas, necessidade de estar sempre à disposição da empresa, rotina resumida a uma vida dentro do escritório. Para quem tem família, esse cenário fica ainda mais exaurido, tendo em vista a falta de tempo para se dedicar aos seus. 

Entre as alternativas possíveis para fugir desse cenário está o empreendedorismo. Mas para quem está acostumado a vida toda a ser empregado, como conseguir passar para o outro lado e empreender? Uma excelente opção para começar a entender esse novo mundo é a feira do empreendedor.

Essas feiras acontecem durante todo o ano, no país inteiro. Algumas são gratuitas, já outras cobram ingressos que geralmente variam entre R$ 200 e R$ 900. Mas todas têm o mesmo objetivo: expandir o empreendedorismo, tanto para quem está começando a conhecer a modalidade quanto para quem já está na fase de investimento.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Catho, 43,4% dos brasileiros listaram o quesito “qualidade de vida” para definir o emprego dos sonhos. Em seguida, com 13,2% e 12,9%, respectivamente, vêm horário flexível e autonomia nas decisões como principais características. Não à toa, o mesmo estudo aponta que ser empreendedor está no topo da profissão dos sonhos dos brasileiros. 

A feira do empreendedor representa um oceano de oportunidades. Conhecer novos clientes e fornecedores, fazer networking, saber as novidades do mercado e, claro, fazer negócios são algumas delas. Esse tipo de evento também ajuda com dicas e ideias para empreender. 

Além disso, as feiras são a oportunidade tanto para tirar dúvidas das pessoas que pretendem entrar no mundo do empreendedorismo quanto dos empresários que querem alavancar os seus negócios. Na feira do empreendedor, o participante tem a oportunidade de conhecer vários nichos de negócio para, mais na frente, escolher com qual se identifica mais.

Nesse tipo de evento você também vai conhecer de forma mais aprofundada o mercado de franquias, entendendo como funciona uma franquia, qual o papel do franqueado, qual a franqueadora que mais se encaixa no seu perfil e orçamento etc. Empresas de alimentos, serviços, máquinas e equipamentos e negócios digitais participam dessas feiras. 

Mas, antes de participar de um evento como esse é necessário pesquisar, conhecer com antecedência as oportunidades de negócio que serão oferecidas no evento e estudar as empresas que você pretende conhecer. Alguns outros cuidados são necessários, como:

Escolha com calma o evento que você vai participar

Há diversas edições da feira do empreendedor acontecendo no país inteiro durante todo o ano. Portanto, você precisará escolher aquela que melhor se encaixa com o seu objetivo. Analise as marcas que vão participar do evento e quais mais lhe atraem. Pesquise se as franquias que são do seu interesse estarão no evento. Também é necessário levar em consideração os gastos que você terá para participar daquele evento, por isso é preciso calcular valores de ingresso, transporte, alimentação e hospedagem, caso a feira vá acontecer em outro estado.

Faça a inscrição com antecedência

Não deixe para se inscrever de última hora. Muita gente estará interessado em participar dessas feiras, portanto garanta logo a sua vaga para não correr o risco de ficar de fora e perder as oportunidades que o evento oferece.

Planeje a sua visita

Geralmente, a feira do empreendedor acontece em locais grandes e contam com inúmeras empresas expondo, portanto prioridade e foco são dois fatores importantes neste item. Visite o site da feira e fique por dentro da programação e dos expositores que estão participando. A partir daí, crie um roteiro de visitação com os stands e palestras que você considera imperdíveis. Tente seguir esse roteiro à risca. Especialistas apontam que ir ao evento nos primeiros dias pode ser mais interessante porque os expositores estão mais animados. Caso você tenha disponibilidade, separar mais de um dia para visitação também poder ser uma ótima opção. 

Chegue com antecedência

Além de grande, a feira do empreendedor atrai muita gente. Portanto, chegue com antecedência para não perder as palestras e para conseguir visitar todos os stands que você colocou no seu roteiro.

Participe de palestras e cursos

Além de ser uma excelente oportunidade de conhecer futuros investimentos, a feira do empreendedor também é o caminho para a capacitação. Congressos, palestras e cursos geralmente englobam a programação desse evento. Aproveite a oportunidade para se capacitar e aprender com pessoas experientes do mercado. 

Aproveite para tirar dúvidas

Para além de conhecer a fundo as empresas, a feira do empreendedor serve de ponte entre o futuro empreendedor e a empresa. Geralmente nesse eventos o participante tem a oportunidade de ter um contato mais próximo com fundadores e diretores dessas franquias. Aproveite a oportunidade para falar diretamente com essas pessoas e tirar dúvidas. Com esse contato você passa a ter uma relação mais íntima com aquela marca. Perguntar como funciona aquele negócio, se há a intenção da empresa de colocar uma franquia na sua cidade e os financiamentos possíveis para adquirir aquela franquia são alguns dos tópicos que podem ser abordados na conversa.

Preze pelo conforto

Estar bem vestido é importante, afinal é o seu primeiro cartão de visitas, mas preze pelo conforto na hora de escolher a vestimenta. Como essas feiras acontecem em espaços grandes, é necessário andar bastante durante muito tempo. Portanto, escolha roupas leves e frescas e um calçado confortável. Levar água para hidratação também é importante.

Esteja acompanhado

São Paulo - Sebrae-SP promove a sexta edição da Feira do Empreendedor, no Parque do Anhembi (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Participar da feira do empreendedor acompanhado de pessoas que torcem por você e incentivam o seu crescimento profissional pode fazer a diferença. Seja cônjuge, filhos ou pais, a companhia pode deixar a feira mais proveitosa. 

Leve cartão de visitas

Mesmo que você ainda não seja um empreendedor, é importante fazer o networking e já se apresentar para possíveis parceiros profissionais. Portanto, leve um cartão de visitas com seu nome, telefone e e-mail. Lembre-se que quem é visto, é lembrado. A entrega do cartão de visitas pode fazer a diferença em negócios futuros.

Anote tudo que achar importante

Leve smartphone, tablet ou até mesmo o velho caderninho para anotar os pontos e informações relevantes que você colher no evento. Não confie apenas na sua memória: você vai adquirir muito conhecimento nesses eventos e, posteriormente, vai querer consultar essas informações. Anotar é essencial.

Pesquise sobre as feiras de empreendedorismo e franquias

Uma maneira de se preparar melhor para conhecer a feira do empreendedor e a feira de franquias é pesquisando sobre elas. No site da ABF – Associação Brasileira de Franchising você vai poder encontrar informações sobre as próximas feiras programadas, o mapa do evento e a lista dos expositores. No ano de 2019, por exemplo, mais de 400 marcas de franquias, shopping centers, pontos comerciais e fornecedores do setor participaram do evento.

Outra feira de grande importância para quem quer embarcar no mundo do empreendedorismo é a Feira do Empreendedor do Sebrae. O evento, gratuito, reúne mais de 500 expositores e é considerado o maior evento de empreendedorismo do País. A principal edição acontece em São Paulo, mas a feira também ocorre em outros estados do país. No site do evento você pode saber mais.

E se você quiser se aprofundar ainda mais sobre as feiras, assiste ao vídeo do canal de Raphael Mattos. Nele, ele detalha tudo sobre as feiras de franquias que acontecem no país.

Confira o calendário com as feiras do empreendedor programadas ainda para este ano e para 2020:

  • Feira do Empreendedor Minas Gerais 2019
    Data: de 16 a 19 de outubro de 2019
    Local: Sebrae Minas – Belo Horizonte/MG
    Site do evento: http://bit.ly/2IHTlHW 
  • 19ª Convenção ABF do Franchising
    Data: de 23 a 27 de Outubro de 2019
    Local: Hotel Transamérica – Ilha de Comandatuba/BA
  • Empreenda 3.0
    Data: 31 de Outubro e 1º de Setembro de 2019
    Local: Teatro Tobias Barreto – Aracaju/SE
    Site do evento: http://bit.ly/2MaePPJ 
  • Franchising4U
    Data: 7 de novembro de 2019
    Local: Hotel Majestic Palace – Florianópolis/SC
    Site do evento: http://bit.ly/2IKXeM9
  • Franchising fair Sudeste
    Data: de 22 a 24 de novembro de 2019
    Local: Power Shopping Centerminas – Belo Horizonte/MG
    Site do evento: https://bit.ly/2Wf1fgZ
     
  • Feira do empreendedor Pará
    Data: 22 a 25 de abril de 2020
    Local: Ainda indefinido
  • ABF Expo 2020
    Data: 3 a 6 de junho de 2020
    Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul – São Paulo / SP
    Site do evento: http://bit.ly/35ujvYq 

Mas por que empreender? 

Os motivos que levam uma pessoa a empreender são diversos e vão desde autonomia financeira, realizar o sonho de ser seu próprio patrão até ter liberdade para trabalhar de qualquer lugar a qualquer hora. Mas quais são as outras razões que levam ao empreendedorismo? Listamos algumas para você.

1- Ser seu próprio chefe

A partir do momento que você resolve ser empreendedor, você deixa para trás a vida de empregado e passa a ser empregador. Isso é positivo, afinal, você terá autonomia para tomar as decisões sobre o seu próprio negócio. Por outro lado, saiba que o futuro da sua empresa está nas suas mãos, a responsabilidade é totalmente sua.

2- Conquistar a independência financeira

A busca por independência financeira está no topo dos fatores que levam as pessoas a empreender. Sendo dono do seu próprio negócio você passa a não ter mais um salário fixo, ou seja, não há mais um teto salarial. Dessa forma, você é o responsável pela sua renda e as decisões que você tomar vão influenciar diretamente no dinheiro que você receberá no fim do mês. As pessoas veem nesse fator uma grande oportunidade de conquistar a autonomia e alcançar maiores rendimentos.

3- Flexibilidade

Young man using laptop while relaxing in a beach chair on the beach

Trabalhar em horário comercial? de segunda à sexta-feira? Ter apenas uma hora de almoço? Ficar preso em um escritório? Essa é uma realidade que não faz parte da vida de um empreendedor. Sendo dono do seu próprio negócio, você mesmo organiza o seu horário e até o local de onde você vai trabalhar. Trabalhar na beira da praia, em um quarto de hotel, é, sim, possível. Mas atenção: isso não significa que, necessariamente, quem empreende trabalha menos do que quem é empregado. Isso apenas mostra que há uma maior flexibilidade no trabalho e que você poderá escolher como vai gastar seu tempo.

4- Ter mais tempo

Quem trabalha no mundo corporativo sabe que a frase “não tenho tempo para nada” já é clichê. As longas jornadas de trabalho impedem que o profissional consiga se dedicar a outras atividades fora da empresa. Por isso, muita gente quando decide empreender leva em consideração essa questão. Ter mais tempo com a família, ter a possibilidade de estudar, se dedicar a hobbies, viajar, são alguns dos fatores levados em consideração pelos empreendedores.

5- Criar oportunidades de emprego

Para além de influenciar nas questões pessoais citadas anteriormente, empreender também impacta diretamente na vida de outras pessoas ao seu redor. A partir do momento que você resolve ter seu próprio negócio, você estará gerando emprego para outras pessoas e, muitas vezes, mudando completamente a vida delas para melhor. Esse é um fator que gera muita motivação para empreender.

6- Sair da monotonia 

Se você é o tipo de pessoa que detesta rotina, certamente vai se interessar pela vida de um empreendedor. Esqueça a vida monótona e burocrática de escritório. Desafios e dinamismo regem o dia a dia do empreendedor. Portanto, não há espaço para monotonia. 

7- Trabalhar com o que gosta

Quando você é dono do seu próprio negócio, a responsabilidade de fazer a empresa funcionar é sua. Ou seja, você terá que se dedicar mais e, consequentemente, trabalhar mais. Portanto, é essencial escolher empreender em uma área que você goste, que te dê prazer. Aliar o trabalho à paixão é essencial, porque o tempo que você tiver se dedicando ao seu negócio será prazeroso e feliz. 

8- Segurança profissional

O desemprego é um medo que assola qualquer profissional CLT. No país onde 12,5 milhões de pessoas estão desempregadas, mesmo aquelas que têm emprego fixo sentem medo de perder o emprego da noite para o dia. Empreender, portanto, te dará mais tranquilidade em relação a isso, visto que o futuro da sua empresa está unicamente nas suas mãos. Apesar de ter que lidar com as incertezas do mercado, você também terá a liberdade de criar estratégias em meio às crises sem que aquilo afete o seu emprego.

achievement-3658092_1920

De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo GEM (Global Entrepreneurship Monitor), cerca de 52 milhões de brasileiros possuem um negócio próprio. Já os números do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) apontam que 36 em cada 100 brasileiros entre 18 a 64 anos têm um negócio próprio, estão envolvidos com alguma atividade empresarial ou estão começando a se interessar pelo assunto.

Além da força de vontade, pois é um longo caminho, empreender requer capacitação, estudo, atualização e persistência para fazer o negócio dar certo. Por isso, separamos algumas dicas para você que está pensando em começar a empreender.

Faça cursos

Investir na sua capacitação é primordial para fazer o seu negócio dar certo. E mesmo que você não tenha dinheiro para dedicar aos cursos, há muitas opções gratuitas. No site do Sebrae, por exemplo, há mais de 100 cursos online e de graça. “Como planejar o seu negócio”, “Como vender pela internet” e “Estratégia financeira para o crescimento” são alguns dos temas abordados.

Se atualize

Fique sempre por dentro de tudo que acontece de mais novo no mercado. Para isso, procure ler blogs, sites, assine periódicos, assista canais de empreendedorismo no youtube e participe de eventos que estejam relacionados ao nicho de mercado que você pretende investir. No youtube há diversos vídeos e canais, como o canal de Raphael Mattos, empreendedor, fundador de uma das maiores microfranquias do Brasil e master franqueado de uma franquia americana. Também aproveite seu tempo livre para ouvir podcasts e assistir TED com depoimentos de empresários. Isso pode lhe incentivar.

Tenha foco

Direcione os seus estudos para temas que estejam relacionados ao negócio que você pretende investir.

Leia livros

Estudar e aprender algo novo é essencial para quem quer investir no próprio negócio. Ler livros sobre empreendedorismo pode ser uma ótima maneira de adquirir conhecimento. Neste vídeo, Raphael Mattos reúne 5 dicas de livros que todo empreendedor deve ler. 

Converse com especialistas

Falar com pessoas que já têm experiência no mercado pode ajudar muito na construção do seu negócio. Essas pessoas já enfrentaram um longo caminho no empreendedorismo, com erros e acertos, e ouvir essas histórias será de grande valia na hora que você for trilhar o seu próprio caminho empreendedor.

Participe de eventos

Além de ser uma oportunidade de aprendizado, as feiras, oficinas e palestras são locais ideais para aprender mais sobre o mercado e fazer networking com pessoas que já atuam na área. Não deixe de participar.

Agora que você já aprendeu sobre a feira do empreendedor e as feiras de franquias, e sobre empreendedorismo, que tal se aprofundar no tema? Clique aqui e receba informações sobre empreendedorismo. 

Categorias